sábado, 21 de março de 2015

De volta.

1

Como é estranho retornar. Achei por muito tempo que este blog permaneceria intocado eternamente, até que meu corpo virasse cinzas, fosse devorado pela terra, ou que o provedor resolvesse desativá-lo por falta de visitas e utilização. Basicamente dois anos sem postar uma linha sequer, e cá estou eu de novo. Com uma vontade louca de escrever. Nem sei como pude ficar tanto tempo longe da escrita...Acho que desaprendi a arte! Mas ela irá se moldando novamente conforme for publicando. Sendo puramente clichê, nada como um dia após o outro! Embora qualquer um possa acessar esse blog, o considero uma parte muito íntima de mim. Quase como um quarto privativo, ou um diário infantil, em que colocamos nossos "maiores" segredos. Ao menos comigo era assim, sem contar a parte que eu começava a escrever dizendo:" Olá meu querido diário"... Todas as vezes que pegava minha mãe lendo me matava de vergonha, e ela ficava com aquele riso de uma linha nos lábios, com uma vontade louca de explodir numa gargalhada ensandecida, mas continha os ânimos, apiedada de minha pobre condição mental.

Portanto, querido blog, aqui estive eu, e em breve retorno sem maiores reapresentações! Fui!

1 comentários:

oi! o blog http://genilais.blogspot.com.br/, que você acompanhava em 2010-2011, virou página! as atualizações estão no endereço https://www.facebook.com/dicionariopoetico/ :) espero poder te ver por lá também. abraço!